Kari Vieira

Minha foto
Rio de Janeiro , RJ, Brazil
Ôdekasa, é uma mania regional das pessoas baterem à porta das casas para pedirem informações... São peculiaridades dos "mineiros",das pessoas do interior, das pessoas simples e bem chegadas... O meu Ôdekasa é isso! Chegue mais, com um sorriso no rosto, a paz do interior, o jeito humilde e prestativo de lhe servir uma caneca de café, uma broa de milho, ouvir histórias, músicas, andar com pés no chão, e com uma ternura no olhar sempre! Toc Toc Toc... ÔdeKasa ! Sejam sempre bem vindos!

28 de fevereiro de 2013

Na agenda dos anos 90


Nesta semana fui a caça dos meus melhores amigos ,a gente nunca pode deixar as coisas da vida separar quem realmente te conhece e te ama. Há uma razão do porque de nossa alma ter escolhido essas  pessoas, somos almas que andam juntas há muito tempo... 
Passei a mão no telefone, e disse: eu preciso estar com vocês nesta data importante pra mim! Vocês são os meus presentes! Não é uma delícia dizer a um grupo de amigos: Vocês são a minha caixa de presente com laços de fitas, coloridos! Ouvindo Lulu nesse momento ele diz aqui ao meu lado nas alturas: 'Eu não sei viver sem ter carinho, é a minha condição,  eu não sei viver triste , sozinho..." 
Mergulhada nesta semana em trabalho, shows, contratos, novo disco, agendando casas de show pelo Brasil,Salão,  por um acaso, reencontrei minha agenda de estudante da 8ª série!  Aquela da Company, que eu e minha geração toda tinha! Estava dentro de uma caixa de relicários que trouxe do Carnaval este ano....
Cometi o erro de abri-la. Não se mexe em arquivos impunemente! Não dá para passar os olhos e deixar por isso mesmo. E a caligrafia desgovernada e antiga!
O que me espantou é que havia uma cartinha presa com clipe : 

Cinco coisas que desejo fazer antes dos 40 anos...

(Em tempo, completo 40 anos daqui a 3 dias. Não duvido que não tenha programado meu corpo a procurar a agenda perto do aniversário. Foi um alarme posto na memória para soar num prazo de vinte cinco anos.) volto a chorar, mas é de emoção, muita emoção,as palavras brotam !!
Mas por que 40, e não 30? Sempre quis saber como seria  meus 40 anos! Nesta mesma agenda, tinha um escrito  que iria me casar com 20, pois sim: numa terça feira de 1993, fiz 20 e no sábado dia 06 de março me casaria linda, cheia de orquídeas naturais no cabelo, vestido da KRISHNA  , sapatos Tereza Gureg, tudo marfim...acabo de me lembrar dos olhos do meu pai cor de mel como os meus, incrivelmente brilhantes naquela tarde no Clube do Médicos às 18h, com o Pôr do Sol! Ah que saudades de você! Você teria um orgulho de mim danado, Carlinhos! Além dos 40 anos , seriam 20 de casada...
Meus 30 foram muito doloridos. Ficar viúva aos 28 , ainda trazia um buraco no peito indescritível.
O meu sol tinha se apagado. E passei anos, sorrindo, mas ali dentro havia um enorme vazio...
Nada como o tempo... 

Voltando a agenda da Company... 

Eu gargalhei quando li o que esperava de mim em 2013:

1) Saltar de asa delta.
2)  Ter 3 filhos
3) Conhecer o Havaih
4) Aprender a surfar e ser fotógrafa de surf para viajar junto dos gatos! hahahaha
5) Ser rica , e viajar o mundo 

Tive 100% de fracasso. Não cumpri nenhuma das alternativas. Assinei o atestado de incompetência perante aquela adolescente 'cú de fogo' disposta a ganhar o mundo!
E me deu orgulho. Fiquei orgulhosa da decepção! Ri emocionada de minha invalidez estratégica!!!
Foi um sinal de saúde. Quem cumpre objetivos por anos é neurótica!
É bobagem elaborar metas para atingir em determinada idade. 

Felicidade não se planeja, felicidade se descobre!

Ingenuidade congelar lista de intenções como se a vida não nos transformasse dia a dia.
Ufa! Graças a Deus!
Nosso legado é o que falamos aos outros, não o que aparentamos ser. Todos os desejos terminam, no fundo, iguais porque não temos a coragem da simplicidade.
Amigos não admitem morrer sem visitar as Pirâmides, por exemplo.( Eu não morro sem conhecer isso ou aquilo, rs). Eu não quero morrer sem visitar meu pai onde estiver ou minha mãe, meu irmão.
Ainda que eu tivesse apenas uma semana de vida não mudaria meu temperamento. 

Felicidade é improvisar, é estar disposto não sabendo o que vai acontecer. 
Ah adoro isso!!!!!!

Não troco em nada o inventário do que realizei nestas quatro décadas.

(X) sem filhos por opção; 3 sobrinhas + 2 enteadas
(X) Casada ( aliás 2 vezes , muito bem casada!)
(X) Descoberta da profissão que amo + viajando muito com música !
(X) jornalista, arranha francês, arranha o inglês
(X) Uma casa linda + a Baduh minha cadela que amo, que mudou a minha vida!

Não é mais verdadeiro?























Karina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro seu comentário ! Um beijo da Kari .